Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Blog da Catraia

que, na realidade, agora são duas... Uma Catraia minhota de coração, lisboeta por obrigação, juntou-se à primeira, nortenha de berço e coração para, juntas - YUPI! - partilharem um blog:)

Blog da Catraia

que, na realidade, agora são duas... Uma Catraia minhota de coração, lisboeta por obrigação, juntou-se à primeira, nortenha de berço e coração para, juntas - YUPI! - partilharem um blog:)

Um "Cantinho" no Porto que vale a pena conhecer

Já foi em 2015 que visitei o Cantinho do Avillez no Porto, num belo almoço em dia de semana, mas acho que ainda vou a tempo de o partilhar!

Não foi um almoço propriamente planeado, mas passámos à porta, estava aberto a uma segunda-feira e tinham mesa, pelo que foi o acaso que acabou por decidir! Mas confesso que tinha imensa curiosidade para conhecer o espaço e poder provar os pratos de um cozinheiro estrela Michelin (embora sabendo que não seria das mãos dele que iam sair os pratos nesse dia...).

 

Cantinho do Avillez Porto

 

O espaço é boémio, colorido, divertido e casual. Sabemos que estamos num espaço que foi pensado ao pormenor, um daqueles espaços em que quase parece que as peças foram aparecendo e se foram juntando numa sinfonia única. É assim na parede de pratos e travessas todos diferentes que decora a zona de serviço da cozinha, nas cadeiras que se combinam com mesas de outras cores e até na forma como as tábuas de cozinha de todos os tamanhos e feitios decoram a parede da sala mais intimista, à entrada.

Quando entrámos fomos muito bem recebidos, num serviço que se percebe cuidado, sem ser muito pessoal. Escolhemos uma mesa na sala mais intimista, à entrada, com vista para a rua. Como era dia da semana, pudemos usufruir do menu de almoço executivo, uma óptima opção para experimentar restaurantes deste nível sem "chatear" muito o orçamento mensal. Mas, como qualquer foodie que se preze, não nos ficámos por aí, e acabamos por também pedir uma entrada extra e sobremesa!

Para entrada decidimos provar os Peixinhos da horta com molho tártaro, que estavam simplesmente divinais. O polme estaladiço, sem saber a óleo, e o feijão verde al dente, como manda o bem servir.

Para pratos principais, decidimos escolher da lista do menu de almoço desse dia. Para ele, a alheira crocante com xerém à Bulhão Pato, que estava absolutamente incrível, cheia de sabores suaves mas ao mesmo tempo contrastantes e equilibrados, com o tomate e a rúcula a dar frescura, e as lascas de queijo parmesão a cortarem os sabores mais fortes.

 

Cantinho do Avillez Porto

IMG_4538.JPG

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Para mim, um dos signature dishes - as Portuguesinhas, duas empadas de cozido à portuguesa que nos surpreendem a cada garfada, pela qualidade da massa e equilíbrio do recheio, acompanhadas com uma salada fresca e uma maionese que dá imensa graça ao prato e complementa na perfeição os sabores.

Para sobremesa, decidimos provar uma das sobremesas mais requisitadas - a Avelã 3, uma surpreendente, maravilhosa e aveludada sobremesa com avelã de três formas diferentes: espuma, gelado e praliné. Não há fotografias, porque não houve tempo para as tirar... fica para a próxima, prometo!

Ah! Resta dizer que disfrutámos de um JA Tinto (vinho lançado em colaboração com o Eng.º José Bento dos Santos e a Quinta do Monte D’Oiro com a assinatura do chef), que acompanhou na perfeição os dois pratos, e até surpreendeu!

 

No final, ficou a certeza de um "Cantinho" a repetir!