Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Blog da Catraia

que, na realidade, agora são duas... Uma Catraia minhota de coração, lisboeta por obrigação, juntou-se à primeira, nortenha de berço e coração para, juntas - YUPI! - partilharem um blog:)

Blog da Catraia

que, na realidade, agora são duas... Uma Catraia minhota de coração, lisboeta por obrigação, juntou-se à primeira, nortenha de berço e coração para, juntas - YUPI! - partilharem um blog:)

Segunda-feira, outra vez?

Todas as segundas-feiras dou conta de como, invariavelmente, o calendário teima em mexer com a nossa disposição. 

Aos domingos ao final do dia começa por norma a "birra" da antecipação. Porque raio é que temos que ir trabalhar no dia seguinte e re-começar cinco dias em contagem decrescente para o próximo fim-de-semana?

Que, na realidade, não se devia chamar "fim" de coisa nenhuma, mas sim dia do início dos nossos dias! Dia do início do dormir até nos apetecer, de comer bem (e sem ser de marmita às costas), de disfrutar de quem partilha a vida connosco, de sair, de conhecer coisas novas, ou de apenas apreciar os nossos confortos, dia do início de "viver" verdadeiramente!

Claro que depois desta descrição não haveria mesmo hipótese de não acordar com a neura no dia em que acabam os "nossos dias"... a não ser naquelas tão aguardadas segunda-feiras em que as celebrações dos dias importantes nos dão uma folga ou que um dos tão agardados 22 dias de férias nos dão uma pausa...

 

Garfield

 @copyright Garfield, by Jim Davis

 

Boa segunda-feira portanto... Resta-me desejar-vos que "corra bem e passe depressa"!

 

a catraia nortenha

Segunda-feira e uma coisa minha

Bolas Brancas Natal

 

Esta é a penúltima segunda-feira antes do Natal (e ante-penúltima do ano! como é que passou tão rápido?), as compras já estão quase todas feitas graças aos mercadinhos do fim de semana, e vêm aí uns dias de descanso, apesar de toda a agitação prevista e de uma Corrida de S. Silvestre para fazer... Sim, a sério! Mas não deixa de ser segunda-feira, e como todas as segundas-feiras esta parece cinzenta, lenta e mais trinta mil coisas a acabar em "enta" que me posso lembrar e que não abonam nada em favor da dita.

E lembrando o Natal, partilho convosco mais um pedacinho de mim, com alguma inspiração natalícia.

 

O ponteiro que faz mover as pessoas

à volta das bolas de cor de neve em volta de nós

parece parado no tempo.

O silêncio rodeia o sentir sufocado no peito. E

o riso sorriso que ri nos lábios em festa parece

não chegar até aqui.

Na rua ouve-se o nada cheio de luz em cada janela.

Não entro.

Os degraus da escada acolhem-me o corpo que espera.

Fico assim.

Aguardando a volta da calma do ser ou

a reviravolta da paixão.

 

Espero que tenham gostado!

 

Segunda-feira. Preciso de café!

Todos nos sentimos assim à segunda-feira. É uma verdade universal!

Sim, mesmo que tenhamos um dia óptimo pela frente, que o almoço vá ser naquele sítio que tanto gostamos com os amigos que não vemos há algum tempo, que o fim de tarde seja com sol (bem... neste horário de inverno teria que ser um fim de tarde mais cedo...), que o jantar seja aquela comida que adoramos e que alguém se lembrou de fazer (o que significa que não vamos cozinhar, nem arrumar a cozinha), mesmo com tudo isto a segunda-feira é AQUELE dia! Aquele dia em que ainda falta tudo para o próximo fim de semana...

Por isso, vamos ao café para ver se melhora...

Vemo-nos por aqui! :)