Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Blog da Catraia

que, na realidade, agora são duas... Uma Catraia minhota de coração, lisboeta por obrigação, juntou-se à primeira, nortenha de berço e coração para, juntas - YUPI! - partilharem um blog:)

Blog da Catraia

que, na realidade, agora são duas... Uma Catraia minhota de coração, lisboeta por obrigação, juntou-se à primeira, nortenha de berço e coração para, juntas - YUPI! - partilharem um blog:)

Porque hoje é quase Natal e chove

Porque hoje é quase Natal e chove, está um céu cinzento, frio e estranho. Porque é quase Natal e ainda não é Natal, não há luzinhas, não há músicas, não há (ainda) a família reunida, não há a magia do aguardar. Porque é quase Natal, mas ainda não é, e lembro-me dos que não vão estar cá amanhã, dos que tenho saudades. Porque hoje é quase Natal, mas não é, e penso em todos aqueles que, como eu, pensam nos que deveriam estar cá no Natal e não vão, a não ser no coração.

 

Porque hoje é quase Natal, e eu não quero o quase, quero o Natal. Quero...

 

... a magia da antecipação,

... a alegria de abraçar os que se ama,

... as prendas pequeninas, alinhadas, debaixo do pinheiro,

... o regozijo de os ver a comer a bacalhoada da travessa, com azeite e cebola fervidos,

... o sorriso aberto na escolha das sobremesas, e na repetição,

... o barulho da família a falar ao mesmo tempo de um lado para o outro da mesa,

... as mesmas histórias que nos fazem rir todos os anos,

... a troca de prendas confusa, cheia de amor e mimo, gargalhadas e brincadeiras,

 ... este anúncio na televisão (maravilhoso, não é?)

 

Anúncio Azeite Gallo

 

... e a lareira acesa e as bochechas vermelhas, 

... e uma barrigada de amor!

 

Porque eu quero o Natal como eu penso nele, o mesmo que, quando eu era pequenina, me mostrava que a magia existe mesmo, uma vez por ano, quando estamos todos juntos.