Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Blog da Catraia

que, na realidade, agora são duas... Uma Catraia minhota de coração, lisboeta por obrigação, juntou-se à primeira, nortenha de berço e coração para, juntas - YUPI! - partilharem um blog:)

Blog da Catraia

que, na realidade, agora são duas... Uma Catraia minhota de coração, lisboeta por obrigação, juntou-se à primeira, nortenha de berço e coração para, juntas - YUPI! - partilharem um blog:)

Catraias inspiradas pela Casa de Pasto das Carvalheiras em Braga

Éramos para jantar no Porto, na conhecida Casa de Pasto da Palmeira, algo que temos vindo a adiar há já algum tempo, mas os planos desse fim de semana mudaram e acabamos por decidir jantar em Braga. E foi um acaso, e uma agradável surpresa, quando descobrimos na internet que a Casa de Pasto da Palmeira tinha uma "irmã", ou "prima", em Braga - a Casa de Pasto das Carvalheiras.  

O espaço foi muito bem renovado, sem ser pretencioso, o que é fundamental para uma casa de pasto que assume o nome, mas que pretende ser uma casa de petiscos um pouco mais glamorosa, mantendo o conceito original. Os apontamentos da decoração, da loiça e até dos guardanapos trazem uma descontração, e até um sentido de humor, que é agradável encontrar.

O menu ao jantar muda mensalmente. Há pratos de inspiração do chefe que se mantêm sempre presentes, mas a maioria da carta vai mudando, o que é agradável para quem gosta de ir ao mesmo espaço várias vezes. De qualquer forma, e em jeito de provocação, as cartas dos meses anteriores estão disponíveis para consulta, o que abre ainda mais o apetite e dá vontade de voltar só para provar aquele prato que nos escapou!

Éramos quatro, pelo que optámos por pedir vários pratos para o meio da mesa e partilhar, algo que sabe mesmo bem num espaço como aquele.

A ementa de partilha foi: Queques de Alheira, Ceviche de Salmão, Atum Braseado com "noodles vegetais", "Ovos à Rui", Cevadotto de gambas e algas, Bochecha de porco com quinoa e batata doce. Foi uma prova com sabores um pouco heterogéneos, mas no final a opinião era comum: adoramos os Queques de Alheira, o Cevadotto de gambas e algas foi a maior supresa (a consistência da cevada estava incrível, a melhor que já provamos) e a Bochecha de porco estava como se queria: suculenta e desfazer. 

Podem ver alguns dos pratos que nós experimentamos na imagem em baixo ou aqui. A Casa de Pasto das Carvalheiras publica na sua página de Facebook um destaque dos menus de cada mês.

Menu Março Casa de Pasto das Carvalheiras

Nas sobremesas, a opção "pijaminha" manteve-se: Canilhas (a massa estava no ponto e o recheio era muito bom, pouco doce e nada enjoativo), Gelado de Queijo de Cabra com Compota de Abóbora (divinal, mas com um sabor tão forte a queijo de cabra que só mesmo para quem aprecia) e um Semifrio de Chocolate Branco com Maracujá (muito bom, mas fazia falta mais sabor a chocolate e a maracujá) e a PAC - uma sobremesa de pipoca, amendoim e caramelo, que foi mesmo a mais surpreendente por não estarmos nada à espera da forma como foi servida.

Sobremesas Casa de Pasto das Carvalheiras

A única nota menos positiva é mesmo o serviço. Ao contrário do que podem estar a pensar, as pessoas que estão à frente do restaurante foram muito simpáticas, prestáveis e o serviço foi bastante eficaz, mas se calhar eficaz demais! Sentimos que comemos tudo um pouco contra o tempo (se calhar porque, à semelhança de outros restaurantes na moda, a Casa de Pasto das Carvalheiras tem dois horários para jantar: antes e depois das 22h30). Ainda não tínhamos começado o couvert, e já nos estavam a colocar os primeiros pratos na mesa, o que fez com que os primeiros pratos acabassem por ficar mornos antes de os começarmos a comer. Mais calma e parcimónia e teríamos mesmo disfrutado na totalidade.

 

No final, o balanço foi muito positivo.
E então, perguntam vocês?

  • Qualidade da comida: 🍴 🍴 🍴 🍴

  • Qualidade do serviço: 🍴 🍴 🍴

  • Espaço envolvente: 🍴 🍴 🍴 🍴

  • Média de Preço: 21€ - 30€ / pessoa (incluindo couvert, prato principal, sobremesa e vinho)

 

Mas visitem, vale a pena! :)