Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Blog da Catraia

que, na realidade, agora são duas... Uma Catraia minhota de coração, lisboeta por obrigação, juntou-se à primeira, nortenha de berço e coração para, juntas - YUPI! - partilharem um blog:)

Blog da Catraia

que, na realidade, agora são duas... Uma Catraia minhota de coração, lisboeta por obrigação, juntou-se à primeira, nortenha de berço e coração para, juntas - YUPI! - partilharem um blog:)

Artistas portugueses em casa

Se há coisa que gostamos lá em casa é de memórias, sejam elas em fotografias espalhadas pela casa (incluíndo o cliché do frigorífico, claro), sejam em "pedaços visuais" de artistas, mais ou menos conhecidos ou não, que nos recordem de um sítio, um momento, um amigo, uma exposição...  

A verdade é que já vamos tendo uma "colecção" interessante, entre um pequeno quadro de aguarela trazido de uma viagem, um quadro feito com areia colorida de outro destino, um postal que mais parece uma obra de arte, um pequeno quadro de um estudante grafitter comprado na Abertura das Galerias em Miguel Bombarda (no Porto), uma risografia de um artista agora tão conhecido no Porto - o Hazul, e um enorme quadro de um rosto a carvão oferecido por uma amiga muito especial.

E, ao contrário do que possam estar a pensar, não houve investimentos avultados, até porque hoje em dia a arte está cada vez mais acessível. É uma questão de procurar no sítio certo, como as feirinhas de rua, as exposições de novos artistas, as ilustrações nacionais nas lojas de rua, ou na internet... A única coisa que é importante, diria eu, é que cada um compre aquilo que o apaixona, que o fez olhar duas vezes, que o fez sorrir.

Ora, uma das minhas mais recentes descobertas provocou-me exactamente isso - o Tiago Vaz, aka Uzo. É um ilustrador, designer e director de arte português que vive em Frankfurt, e que tem trabalhos únicos, não só em papel, como em capas para telemóvel e outros objectos que estão presentes no nosso dia a dia. E, sobretudo, tem um estilo que é dele, que se reconhece, mesmo em desenhos tão diferentes como os que partilho aqui.

Uzo_World

Uzo_World

Uzo_World

 

É ou não é especial? :)

E a melhor parte é que se pode contactar o Tiago e comprar estas peças tão únicas e especiais online. Sim, porque cada desenho tem claramente uma história, uma inspiração, que pode ser a dele, como pode ser a nossa quando o vemos pela primeira vez.

E desse lado, há alguém que partilhe deste gosto?

 

7 comentários

Comentar post