Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Blog da Catraia

que, na realidade, agora são duas... Uma Catraia minhota de coração, lisboeta por obrigação, juntou-se à primeira, nortenha de berço e coração para, juntas - YUPI! - partilharem um blog:)

Blog da Catraia

que, na realidade, agora são duas... Uma Catraia minhota de coração, lisboeta por obrigação, juntou-se à primeira, nortenha de berço e coração para, juntas - YUPI! - partilharem um blog:)

Valsa. Dançamos?

Mostraram-me esta música esta semana e apaixonei-me. É daquelas sonoridades cariocas que nos deixam melancólicos, a pensar, mas que ao mesmo tempo nos balançam e nos puxam para a roda, para dançar agarradinhos e disfrutar.

 

Leo Middea | Valsa

 

"E no teu sussurro eu acho a coragem. E canto pra ti pra encontrar também."

Porque é quando encontramos a coragem no sussurro de quem está ao nosso lado que sabemos que chegamos a casa, sabemos que encontramos o nosso par na valsa da vida, aquele par que nos faz rodopiar, e que nos segura com braços firmes nas voltas para a esquerda ou para a direita e nos faz sonhar.

É sabermos que outro nos basta para ser felizes. E isso é amor.

 

a Catraia nortenha

 

Onde comer as melhores ostras de Portugal?

Para quem gosta de ostras, ou aprendeu a gostar, sabemos que há ostras e ostras... Há aquelas que sabem a mar, a frescura, a um petisco que nos é vedado grande parte do ano e que, só ali, é que nos podemos deleitar com elas. E há as outras, que volta e meia se compram numa tentativa (a maioria das vezes falhada) de matar as saudades.

Ora, sabendo disso, garanto-vos que só há um sítio em Portugal onde eu como ostras com esse deleite e sem peso na consciência ou na carteira, e fica em Cacela Velha, no Algarve. É um pequeno bar de ostras (e outras tapas que incluem conquilhas, ameijoas, chouriço, queijinhos e camarão) na praceta em frente à igreja de Cacela Velha onde se comem ostras por 1€, em travessas de 12. Mas não deixa de ser 1€ e são locais, fresquíssimas e maravilhosas!!!

Posso dizer-vos que vou lá há 2 anos, primavera ou verão, e o preço mantém-se, assim como a qualidade. Vale mesmo a pena!

Qual é o problema? O serviço muito lento e as filas gigantes de espera para sentar. O ambiente dentro do "bar" é insuportavelmente quente, pelo que restam as mesas cá fora, que se tornam poucas, especialmente em época alta. E como não se pode pedir para levar ou para comer na praceta, resta a espera penosa e esperançosa de ainda ir a tempo de as provar...

A imagem não é das melhores, mas foi o possível depois de 1h15 de espera e do anoitecer...

 

Ostras em Cacela Velha

 copyright Ana Pinho

 

  • Qualidade das ostras: 🍴 🍴 🍴 🍴 🍴 
  • Qualidade do serviço: 🍴 🍴  (muito lento, pouco simpático, embora este ano haja melhorias)
  • Espaço envolvente: 🍴 🍴 🍴 🍴 
  • Média de Preço: 12€ - 15€ pessoa (considerando tapas com uma dose de ostras para dois e cerveja)

 

Com isto resta-me desejar-vos muita(aaaaaa) paciência e bom deleite... que eu este ano já a tive também! :)

 

a Catraia nortenha

 

Ideias luminosas

Quando há coisas tão simples e tão maravilhosas que nos fazem imediatamente dizer alto e bom som "Mas como é que eu não pensei nisto antes?!"

Não acontece muitas vezes, mas desta confesso que foi automático... 

 

Copyright Oh Joy

copyright Oh Joy

 

Por isso, toca a ir comprar umas luzes LED sem fios, daquelas que trabalham a pilhas, pôr dentro de um frasco ou uma jarra bonita e voilá! Uma luz de presença que nos faz sonhar, e que podem levar para qualquer sítio.

 

a Catraia nortenha

 

Abriu um novo espaço no Porto e é "berry" nice!

Como sabem, se há coisa que nos dá prazer é descobrir novos sítios para comer com conceitos únicos e especiais. E o que partilhamos hoje é mesmo assim. 

berry é um novo espaço no Porto, que partilha, entre outras coisas, a porta de entrada com o Ervanário Portuense da Rua Júlio Dinis. E dizemos entre outras coisas, porque se percebe logo à entrada que este é um conceito especial.

 

berry nice caffee

 copyright Ana Pinho

 

Aberto há cerca de dois meses, o berry pretende ser um snack de comida saudável, com opções de pequeno-almoço, almoço e lanche, tudo (o que é possível) com produtos biológicos e combinações únicas e especiais que mudam todos os dias, o que faz com que nos apeteça lá ir todos os dias para ver o que os chefs magicaram!

No menu encontra-se a tosta de mel e azeite, ideal para pequeno-almoço e lanche, acompanhada de infusões frias do dia, infusões quentes, sumos naturais ou smoothies, tudo absolutamente saudável e delicioso, e sempre que possível com fruta biológica. Para almoço, há sempre a sopa do dia (e as que provei são maravilhosas e diferentes), três opções de tostas, uma salada do dia, e uma salada de fruta para finalizar (daquelas que nos fazem sonhar com países tropicais só de olhar). O café é biológico e o melhor que já bebi, especialmente se acompanhado por uma bolacha biológica caseira ou uma trufa, entre as variadas opções disponíveis, também estas feitas em casa, e que, deixem-me dizer, são absolutamente inesperadas e viciantes! Ah! E não esquecer o iogurte biológico com granola que é uma excelente opção para qualquer hora.

 

berry nice caffee

copyright Ana Pinho

 

Para sentar e disfrutar do espaço, tem a opção de ficar em bancos altos com vista para a rua e para o espaço onde todas as iguarias se preparam ou o terraço no primeiro andar. Em qualquer das opções, estará sempre rodeado de ervas aromáticas, que pode mesmo regar com os borrifadores disponíveis no espaço.  

 

berry nice caffee

copyright Ana Pinho

 

Mas não é a única opção, já que tudo o que é servido no berry está pronto a levar, caso queira apenas ir buscar para comer no trabalho ou em casa, ou até disfrutar de um piquenique.

 

  • Qualidade da comida: 🍴 🍴 🍴 🍴 🍴 
  • Qualidade do serviço: 🍴 🍴 🍴 🍴 🍴 
  • Espaço envolvente: 🍴 🍴 🍴 🍴 
  • Média de Preço: 9€ pessoa (incluindo sopa e tosta, infusão do dia e café)

 

Obrigada ao berry por um conceito diferente e especial, onde a qualidade dos ingredientes, o carinho com que foi pensada a sua combinação, e o respeito ao cozinhá-los se nota ao provar.

Voltaremos, muitas e muitas vezes!

 

a Catraia nortenha

 

A fotografia é uma arte... e não é para todos!

Captar o momento certo, um olhar ou uma expressão é uma arte. Gosto muito de fotografia e, principalmente, de fotógrafos talentosos.

Às vezes aventuro-me a tirar umas fotos, mais turísticas do que artísticas, mas não acho que seja a minha principal competência! :)


Um fotógrafo que muito admiro é Pete Souza, fotógrafo oficial do presidente Obama e da Casa Branca.

Após 8 anos e dois milhões de fotografias, Pete Souza partilha os seus momentos preferidos, em jeito de despedida.

Deixo-vos algumas fotos para se deliciarem com quem faz muito bem o seu trabalho!

 

pete-souza-white-house-obama-favorites-18.jpg

pete-souza-white-house-obama-favorites-24.jpg

pete-souza-white-house-obama-favorites-54.jpg

 Copyright Official White House Photo by Pete Souza

 

Curiosos para ver o resto das fotografias? Basta clicar aqui!

 

a Catraia minhota